Módulo Nuclear de História e Linguagem do Cinema (16h) com Catarina Maia

Carregando Eventos
  • Este evento já passou.

Módulo Nuclear de História e Linguagem do Cinema (16h) com Catarina Maia

Resumo da formação

A formação, na medida em que combina história e linguagem fílmica, foi pensada para articular essas duas dimensões, apresentando a constituição e evolução da linguagem do cinema a par dos grandes momentos da sua história: o pré-cinema e o cinema primitivo, os fundadores, o cinema clássico, a transição neo-realista para a Nouvelle Vague e para as várias formas de pôr em causa o modo de produção e de rodagem herdados do período clássico, terminando numa breve discussão da questão do pós-cinema. Os elementos definidores da linguagem do cinema – enquadramento, plano, cena, sequência, etc. – serão pois abordados na sua ocorrência e evolução ao longo da história do cinema, tendo como pano de fundo a grande questão das relações que o cinema sempre manteve quer com a evolução da tecnologia (de que os casos mais espectaculares são a chegada do som, da cor e do digital), quer com a economia que sustenta o aparato de produção e distribuição do negócio que o cinema também é. A formação terá uma estrutura narrativa, já que se trata de contar uma história, e uma didáctica apoiada em exemplos, ou seja, em excertos de filmes a exibir e a comentar (recorrer-se-á a um conjunto de obras canónicas da história do cinema, ou seja, filmes que é fundamental conhecer)

Objetivos

Dotar o formando de conhecimentos gerais sobre a história do cinema e de ser capaz  reconhecer e identificar as questões básicas da linguagem cinematográfica.
Estimular a sua capacidade de utilização prática dos conceitos analisados e fomentar a criação de consciência crítica e de análise sobre as imagem em movimento.
Pretende-se com os conhecimentos adquiridos enriquecer a gramática cinematográfica do s formandos perspectivando a aplicação no projeto de curso.

Plano de Sessão

1 – Do pré-cinema ao cinema primitivo.
2 – A elaboração da linguagem cinematográfica: enquadramento, plano, cena, sequência, movimentos de câmara, profundidade de campo, campo e fora de campo.
3 – O impacto do som no cinema: som diegético e não-diegético, o advento do som directo, a voz humana e o papel da palavra no cinema.
4 – O cinema clássico e o dispositivo da transparência
5 – A Nouvelle Vague e o ataque à transparência
6 – O digital e o pós-cinema

Condições de Frequência

Condição Preço
Público 130 €
Sócios 105 €
Estudantes 70 €
Sócios Estudantes 55 €

Catarina Maia

Catarina Maia é licenciada em Estudos Artísticos, variante de Cinema, pela Universidade de Coimbra, onde fez também o curso de especialização em Estudos Fílmicos e da Imagem. Integra o Grupo 6 – Correntes Artísticas e Movimentos Intelectuais do Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX. Actualmente prepara o seu doutoramento com uma tese sobre “A Moral no Cinema de João César Monteiro”. É crítica de cinema na Revista METROPOLIS e colabora regularmente com o Curso de Estudos Artísticos nas disciplinas de Análise de Filmes e Crítica Cinematográfica.

dezembro 16 2018

Detalhes

Início: dezembro 16, 2018 às 09:30
Fim: dezembro 17, 2018 às 18:30
Recorrente:

Um evento em dezembro 16, 2018 às 9:30am


(Ver tudo)
Evento Categorias: , , , , , ,
Evento Tags:, , , , , ,
Website: Visitar Website do evento

Local

Departamento de Engenharia Informática da Universidade de Coimbra

Pólo II – Pinhal de Marrocos
3030-290 Coimbra, Portugal

+ Google Map