Mulheres, do corpo à cidade: Existências e Resistências

Carregando Eventos
  • Este evento já passou.

Mulheres, do corpo à cidade: Existências e Resistências

Mulheres, do corpo à cidade: Existência(s) e Resistência(s)

Historicamente, as cidades foram divididas em lugares “para homens” e lugares “para mulheres”, acabando os homens por ocupar o espaço público e as mulheres restringidas ao espaço privado: a casa. Esta casa-abrigo, sentida como protectora, que abriga e resguarda as mulheres e os seus corpos, torna-se demasiadas vezes um lugar fechado que reprime, oprime e aprisiona essas mesmas mulheres, os seus corpos e as suas vidas. O corpo é também uma casa, constituída por diferentes camadas. A relação que as mulheres estabelecem com o seu corpo-casa está intimamente ligada à forma como estas vivem e resistem nos espaços públicos e privados. A casa abarca um património material e imaterial, constitui um espaço fundamental das experiências socializantes e representa um lugar que envolve a vida privada e íntima daquelas e daqueles que a utilizam. Com este projeto pretendemos chegar a diferentes mulheres, moradoras da cidade de Coimbra, e perceber que significado atribuem a esta casa-comum que é Património da Humanidade, logo património de todas e todos. Queremos entender como é que a casa-património se relaciona com a casa-corpo e a casa-comum de cada uma das mulheres. Será através do olhar e das vozes de várias mulheres que iremos promover a reflexão sobre estes três conceitos de casa: casa-comum, casa-corpo e casa-património. Para tal iremos realizar encontros de partilha com diferentes grupos de mulheres (habitantes de diferentes pontos da cidade, diferentes faixas etárias e etnias, trabalhadoras, reformadas, desempregadas, sem-abrigo, migrantes) onde iremos promover a partilha de memórias, vivências e significações sobre as diferentes casas que fazem parte das suas vidas, quer na esfera privada quer na esfera pública. Nestes encontros, será proposto às mulheres representarem estes diferentes conceitos e vivências através da fotografia, seguindo o método do Photovoice. Este método empoderador irá permitir às participantes partilhar os seus olhares através de imagens por si criadas (com a utilização de máquinas fotográficas descartáveis que lhes serão cedidas) e que constituirão um património-comum, que será visibilizado no espaço público (que também lhes pertence) através de um evento final com a exposição das fotografias e o diálogo entre as várias mulheres participantes. Além disso, pretende-se também construir um pequeno livro que, além de visibilizar o trabalho individual e coletivo destas mulheres, documente todo este processo de criação empoderador que irá refletir a interligação das vivências da casa-comum, casa-corpo e casa-património.

ORGANIZAÇÃO: UMAR Coimbra

abril 28 2018

Detalhes

Data: abril 28
Hora: 1:00 pm - 4:00 pm
Evento Categorias: , ,

Local

TCSB – Teatro da Cerca de São Bernardo

Cerca de São Bernardo
Coimbra, 3000-097 PT

+ Google Map

Organizador

Semana Cultural da Universidade de Coimbra
Website: Visitar Website do Organizador